quinta-feira, 10 de abril de 2014

Instituto Lojas Renner lança edital de projetos

O Instituto Lojas Renner está com inscrições abertas para edital público de projetos. Poderão se inscrever as organizações sem fins lucrativos que tenham projetos com foco em empreendedorismo feminino e geração de renda para mulheres, em todo o Brasil.

Serão apoiados projetos de até R$80 mil, com até 12 meses de duração.  As inscrições podem ser realizadas somente através do site www.institutolojasrenner.org.br, até o dia 18 de maio de 2014.As inscrições não serão prorrogadas.

As normas e outras informações sobre o edital estão disponíveis diretamente no site do Instituto Lojas Renner. Informações: http://www.institutolojasrenner.org.br/projetos/editais

terça-feira, 8 de abril de 2014

Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social

Empreendedores sociais de organizações podem se candidatar para a sexta edição do Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social, concurso que oferece 25 mil dólares (55 mil reais, aproximadamente) à ideia de empreendedorismo social que melhor maximize seu impacto na sociedade.

As inscrições para a sexta edição do Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social – começaram nesta terça-feira, dia 25, e vão até o dia 30 de abril.  Serão premiadas as melhores ideias de empreendedorismo social ligadas ao tema “Replicando o sucesso, maximizando o impacto social”.

O ganhador receberá um certificado e a quantia de US$ 25 mil - ou o equivalente em moeda nacional -, para investir em sua organização. Cada um dos outros 3 finalistas receberá um certificado e a quantia de US$ 5 mil ou seu equivalente em moeda nacional, para uso relacionado a seu projeto.

Para se inscrever, basta enviar um email com a candidatura do projeto até às 18 horas do dia 30 de abril para renata.monguzzi@ubs.com, com cópia para ponteAponte, empresa que administrará o recebimento das inscrições, no email contato@ponteaponte.com.br. As condições necessárias para a inscrição de um projeto podem ser encontradas no site do UBS (www.ubs.com/brasil).

Mais informações sobre o processo de inscrição no site: www.ubs.com/brasil.

Fonte: PonteAponte

domingo, 6 de abril de 2014

Edital da Receita Solidária Minas Gerais

A Associação Civil dos Servidores da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais Receita Solidária tendo como objetivo o desenvolvimento de programas para a promoção da assistência social, do voluntariado e do combate à pobreza, está selecionando projetos para execução em 2014 e 2015, conforme requisitos abaixo:
1 - Dos Projetos: Serão aceitos projetos novos ou em andamento que requeiram recursos financeiros e/ou humanos, apresentados por entidades sem fins lucrativos, sediadas no Estado de Minas Gerais, para execução dentro do Estado, que tenham como foco a qualidade de vida das pessoas. 
2 – Do Investimento: Os projetos deverão requerer um investimento máximo de R$6.000,00 (seis mil reais).  
3 – Do Prazo de Execução: Os projetos deverão ser executáveis em um prazo máximo de 06 meses, no período de 01.08.2014 a 31.12.2015. 
4 – Das Fases e do Cronograma da Seleção:  
4.1 - Lançamentos da Seleção de Projetos 
24.03.2014
4.2  - Inscrição dos Projetos
24.03.2014 a 25.04.2014
4.3  - Inscrição da Comissão de Avaliação
24.03.2014 a 25.04.2014
4.4  - Sorteio da Comissão de Avaliação
29.04.2014
4.5  - Saneamento dos Projetos
05.05.2014 a 09.05.2014
4.6  - Apresentação dos Projetos
12.05.2014 a 23.05.2014
4.7 -  Análise pela Comissão de Avaliação
12.05.2014 a 23.05.2014
4.8  - Visitas às entidades pela Comissão de Avaliação
26.05.2014 a 27.06.2014
4.9  - Parecer da Comissão de Avaliação
30.06.2014 a 04.07.2014
4.10 - Classificação dos projetos
07.07.2014 a 11.07.2014
4.11 – Entrega dos orçamentos e assinatura dos contratos.
14.07.2014 a 15.08.2014
 4.1 - Do Regulamento de Seleção de Projetos – Este Regulamento de Seleção de Projetos deverá permanecer no sitio  www.receitasolidaria.com.br  até 31/12/2015.

Prorrogadas inscrições para concursos culturais da Senad

Foram prorrogadas as inscrições para os concursos culturais da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça. Os interessados têm até o dia 10 de julho para enviar cartazes, fotografias, vídeos e jingles com o tema “A Educação na Prevenção ao Uso de Drogas”. As inscrições para o concurso de monografia, com o tema “Drogas e Direitos Humanos”, também foram prorrogadas para o dia 10 de julho.

Cartazes
Podem participar alunos do 2º, 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, em escolas públicas ou privadas de todo o país. Serão premiados 1°, 2° e 3° colocados por região brasileira (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul, Sudeste). A finalidade do concurso é incentivar a discussão sobre a questão das drogas no ambiente escolar. Premiação: R$ 2.000,00 (1º lugar); R$ 1.500,00 (2º lugar) e R$ 1.000,00 (3º lugar).

Fotografia
Aberta para o público em geral, que disputa um único prêmio por região nacional (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul, Sudeste). A intenção da Senad/MJ é motivar a reflexão sobre a prevenção do uso de drogas, por meio da linguagem visual. Premiação: R$ 3.000,00.

Jingle
Aberta a todos os interessados e premiará os melhores trabalhos de cada região. Premiação: R$ 3.000,00.

Vídeo
Para alunos do 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e o Ensino Médio, em escolas públicas ou privadas de todo o país. O concurso, que tem como objetivo incentivar a reflexão e a discussão sobre a questão das drogas no ambiente escolar, premiará o 1º lugar de cada região. Premiação: R$ 3.000,00.

Monografia
Com o tema “Drogas e Direitos Humanos”, o XII Concurso Nacional de Monografia é voltado para estudantes universitários. Serão premiados os três melhores trabalhos em nível nacional. A intenção com o concurso é o envolvimento da comunidade acadêmica, em especial os alunos de graduação, em ações relacionadas à prevenção do uso de drogas.
Premiação: R$ 6.000,00 (1º lugar); R$ 4.000,00 (2º lugar) e R$ 3.000,00 (3º lugar).
 

Fonte: SENAD

SEPPIR lança chamada pública para combater racismo.

Estados e municípios têm até 25 de abril para apresentar propostas de promoção de igualdade e ações de afirmação voltadas a jovens. A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR/PR), lançou a Chamada Pública N° 01/2014 que visa implementar o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade (Sinapir). Até 25 de abril, Estados e Municípios poderão apresentar propostas pelo Sistema de Convênios do Governo Federal.

As propostas deverão contemplar duas áreas temáticas: Fortalecimento institucional de Órgãos, Conselhos, Ouvidorias Permanentes e Fóruns voltados para a Promoção da Igualdade Racial; e Apoio às políticas transversais e de ações afirmativas voltadas à juventude negra. Para a primeira área temática serão disponibilizados R$ 2.746.398,00, divididos em recursos de capital e custeio. Para a segunda área temática, serão disponibilizados R$ 400.000,00, exclusivamente para custeio.

Fonte: SEPPIR/PR

MJ e Ipea abrem edital para diagnóstico das condições de atuação e das consequências da ação policial.

O objetivo da pesquisa é compreender as causas da letalidade envolvendo ações de agentes responsáveis pela segurança pública. Nesse sentido, o pesquisador deverá coletar e analisar de informações pertinentes às ocorrências policiais com resultado letal – seja de profissionais de segurança pública, seja de não policiais. Os selecionados irão apurar as causas desse problema, bem como pesquisar as estruturas responsáveis pela sua investigação, além de analisar como se dá a eventual responsabilização das condutas implicadas, nos âmbitos administrativo e judicial.
 
Processo de seleção
Serão concedidas 03 (três) bolsas de auxílio financeiro a coordenador de pesquisa, com duração prevista de 08 meses cada. Os recursos financeiros totalizam R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), sendo que cada selecionado receberá R$ 100.000,00 (cem mil reais) para realizar a pesquisa em três estados:
 
Candidato 1: Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais;
Candidato 2: Sergipe, Bahia e Pernambuco;
Candidato 3: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo;
Para se candidatar é preciso possuir título de doutor nas áreas de ciências humanas ou ciências sociais aplicadas, com experiência em pesquisa empírica, preferencialmente em temas de segurança pública, direito penal, processual penal e/ou políticas públicas e currículo cadastrado na plataforma Lattes.
 
Dos R$ 100.000,00 (cem mil reais) que cada coordenador de pesquisa receberá, R$ 64.000,00 (sessenta e quatro mil reais) destinam-se a verba de auxílio a pesquisa, e o restante à bolsa do coordenador. Com a verba de auxílio, é possível contratar auxiliar de pesquisa, no valor global de R$ 20.000,00, e até quatro pessoas ao valor de R$750,00 por pessoa/mês.
 
Os candidatos devem apresentar suas propostas entre os dias 01 de abril e 22 de abril de 2013. Pela previsão do edital, a divulgação dos resultados será feita pelo Diário Oficial da União e pela página do Ipea na Internet a partir de 01 de maio de 2014. As bolsas serão implementadas a partir do dia 12 de maio de 2014.
 
É importante ressaltar que os pesquisadores podem enviar ao Ipea até as 23h59 (horário de Brasília) da data limite para a submissão das candidaturas, mas o Sistema de Cadastro de Bolsista (SCB) receberá propostas com tolerância até às 12 horas do dia útil posterior à data de submissão das candidaturas. Ainda assim, é altamente recomendável o envio das propostas com antecedência, uma vez que o IPEA não se responsabiliza por propostas não recebidas em decorrência de eventuais problemas técnicos e congestionamentos.
 
 
 
Fonte site Juventude Viva
 

Editais "Viva Jovem"- apoio para saúde e prevenção do abuso de drogas e da violência

O Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), em parceria com a Secretaria Nacional da Juventude da Secretaria-Geral da Presidência da República, o Ministério da Saúde e o Ministério da Cultura, lançou dois editais de chamamento público a fim de destinar recursos para ações de promoção da saúde e dos fatores de proteção contra o abuso de drogas e a violência contra adolescentes e jovens em situação de desvantagem social.

Os projetos devem potencializar ações do Programa “Crack, é possível vencer” e do Plano Juventude Viva, cujos municípios de implementação serão priorizados na distribuição dos recursos. O primeiro edital será destinado ao repasse de recursos aos municípios e o segundo estabelecerá repasse direto a instituições privadas (entidades da sociedade civil) sem fins lucrativos.

  • Os projetos selecionados serão financiados pela SENAD-MJ e devem compreender atividades que:
    ► Promovam o protagonismo dos adolescentes e jovens na produção e acesso a manifestações culturais e esportivas inseridas no contexto de seus territórios de vida;

    ► Criem espaços coletivos de convívio, articulação e solidariedade, promovendo cidadania e participação social;

    ► Debatam temas pertinentes ao universo dos jovens, particularmente daqueles em situação de vulnerabilidade social, como: o abuso de álcool e outras drogas, a violência contra a juventude, especialmente a juventude negra, o racismo e outras formas de estigmatização, a cidadania e os direitos humanos, a formação de redes de apoio e solidariedade social;

    ► Mobilizem recursos pré-existentes, façam articulação intersetorial e promovam a sustentabilidade dos projetos incorporando-os como políticas públicas.

    Para mais informações sobre o edital de repasse de recursos aos municípios, clique aqui. Para acessar diretamente o edital, clique aqui.

    Para mais informações sobre o edital de  repasse direto a instituições privadas (entidades da sociedade civil) sem fins lucrativos, clique aqui. Para acessar diretamente o edital, clique aqui.

    Acesse aqui a retificação dos editais, publicada no dia 26 de março de 2014, que promove alterações no prazo de apresentação de propostas e na data de divulgação dos resultados. 
     
    Fonte: DACPD/SENAD